O direito ao delírio – Eduardo Galeano

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. carmem barroso
    nov 01, 2011 @ 22:12:38

    adorei, precisamos desta força diaria para existir com mais consistencia

    Responder

  2. Carmen Lins
    nov 04, 2011 @ 10:00:58

    “Viver os sonhos como se fossem eternos e a vida como se hoje fosse o último dia” Maravilhoso. Força para saber viver.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: