Abrindo as gavetas, desencavando antigos escritos

Criar

Dizer o não dito

Brincar

Lançando rimas no infinito. 


_______________________________________________________

Narciso

Ah, como te amei!

Tanto que não notei

De frente para mim

Não era eu que você enxergava

Meus olhos, só espelho

Onde você se contemplava.

Juliana Schneider Guterres


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: