16° Encontro Nacional ABRAPSO

 

12-15 novembro/2011 Recife, Pernambuco

http://www.encontro2011.abrapso.org.br/site/capa

Ainda restam 16 dias para o envio de resumos de trabalhos.

 

O atual cenário político brasileiro apresenta importantes paradoxos. Se por um lado, avançamos nos caminhos rumo a uma sociedade plural e democrática, por outro, ainda estamos distantes do nosso ideal de justiça social. Isso ficou evidente, recentemente, no período eleitoral, cujos debates em torno de questões fundamentais aos direitos humanos (especialmente aqueles relativos à sexualidade e aos direitos reprodutivos) foram tratados de maneira superficial e moralizante. Na defesa de uma sociedade plural e democrática, faz-se importante perguntar pelo significado da moralização da luta por direitos democráticos e, dessa forma, a quem ela visa beneficiar.

Comemorando 30 anos, a ABRAPSO reafirma com o 16º encontro nacional sua resistência política à cristalização das instituições humanas, ao propor um evento que alia ensino, pesquisa e atuação profissional em Psicologia Social implicada com o debate atual sobre problemas sociais e políticos do nosso país e sobre o cotidiano da nossa sociedade.

A Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) nasceu comprometida com processos de democratização do país, a partir de uma análise crítica sobre a produção de conhecimento e atuação profissional em Psicologia Social e áreas afins. Nosso horizonte é a construção de uma sociedade fundamentada em princípios de justiça social e de solidariedade, de uma sociedade comprometida com a ampliação da democracia que se opõe à moralização da luta por direitos e ao expurgo à diferença. Nossas pesquisas e ações profissionais visam à crítica à produção e reprodução de desigualdades, seja ela econômica, racial, de gênero, por orientação sexual, por localização geográfica ou qualquer outro aspecto que sirva para oprimir indivíduos e grupos. Os princípios que orientam as práticas sociais dos filiados à ABRAPSO são, portanto, o respeito à vida e à diversidade, o acolhimento à liberdade de expressão democrática, bem como o repúdio a toda e qualquer forma de violência e discriminação.

Nossa entidade, como parte da sociedade civil, tem buscado contribuir, na forma de controle social sobre a ação do Estado, para que possamos de fato avançar na explicitação e resolução de violências de diversas ordens que atentam contra a dignidade das pessoas.

O Encontro Nacional de Psicologia Social promovido pela ABRAPSO é uma dessas estratégias, sendo um dos primeiros eventos nacionais nessa área (desde 1980) e o 3º maior encontro brasileiro de Psicologia, em numero de participantes, reunindo nos últimos encontros uma média de 3.000 pessoas e apresentação de mais de 2.000 trabalhos.

Vale ressaltar que a 16ª edição do evento nacional acontecerá, pela segunda vez consecutiva, numa capital da Região Norte-Nordeste (Recife), conforme decisão da entidade, em Assembléia, de modo a potencializar e dar visibilidade à produção dessas regiões. Essa decisão coaduna também com políticas de expansão e fortalecimento de programas de pós-graduação em Psicologia e áreas afins para regiões geográficas distantes dos pólos de maior desenvolvimento sócio-econômico do país, visando contribuir para a diminuição das desigualdades sociais.

 


Objetivos

Assim, o objetivo geral do encontro é promover a visibilidade e troca de conhecimentos e experiências no campo da psicologia social em sua interface com a produção acadêmica, os movimentos sociais e a gestão pública, favorecendo a construção de conhecimentos críticos e proposição de políticas para superação dos problemas sociais que vivenciamos em nosso país. As metas a serem alcançadas envolvem principalmente as seguintes questões:

  • fomentar o desenvolvimento da Psicologia Social como área de produção de conhecimento científico no Brasil, ampliando o intercâmbio entre pesquisadores, professores, profissionais e alunos;
  • fomentar a interlocução entre pesquisadores e profissionais, potencializando a melhoria continuada da prática profissional e maior inserção da pesquisa nos problemas que desafiam a sociedade brasileira;
  • estimular o debate sobre problemas nacionais, regionais e locais, indispensável à produção de conhecimento e à intervenção profissional;
  • discutir, analisar e propor formas e mecanismos que contribuam para a formação de profissionais, a partir de uma perspectiva crítica e plural;
  • potencializar e dar visibilidade à produção em Psicologia Social nas Regiões Norte-Nordeste.

 

Participantes

O evento é voltado para estudantes, profissionais que atuam na formulação ou implementação de políticas públicas, profissionais autônomos, professores, pesquisadores de Psicologia Social e áreas afins do Brasil e do exterior, com participação estimada de 4.000 pessoas, tomando como base a freqüência dos eventos anteriores.

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. ADEILMA lima
    jun 15, 2011 @ 18:00:19

    Até quando será o prazo para enviar os resumos e quais são os criterios do resumo.
    Será muito interessante a tamatica apresentada neste trabalho que abrapso está realizando. Sou estudante de Psicologia.

    Resposta

  2. frederico t. de almeida
    out 15, 2011 @ 12:42:17

    Comento o (in)sight do “Eu_me_importo”: Me apetece, quiçah me abastece; e um ãbiente pérvio tece. Se me acolhe, o administrador me enaltece. [], fred.

    Resposta

  3. Bloco do eu me importo
    out 18, 2011 @ 00:12:19

    Oi Frederico, seja bem vindo! 🙂

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: