Jana, o que eu diria para elas?

O texto e a “latinha” (de criança!!) aí em cima são de Juliana Schneider Guterres

O que eu diria para elas? Que se atirem na e para a vida. Que não tenham medo de ser crianças, porque esse é o lugar de todos os possíveis, onde todas as deformidades não são desformes, mas sim coisas de criança.

Onde quem se veste de homem aranha para a aula da terça-feira de manhã não é excêntrico, é criança.
Onde quem tem amigos imaginários não é psicótico, é criança.
Onde quem não tem dentes não é velho perdendo a chapa, é criança.
Onde quem quer colo não é carente, é criança.
Onde quem chora sem motivo não é triste, é criança.
Onde quem compra casa com dinheiro do banco imobiliário não é estelionatário, é criança.
Onde quem geme de dor não é fraco, é criança.
Onde quem assina seu nome com rabiscos não é analfabeto, é criança.
Onde quem come todos os doces do mundo em um só dia e depois morre de dor de barriga não é menina bulímica, é criança.
Onde quem quer namorar criança não é pedófilo, é criança.
Onde quem brinca de boneca não é mãe adolescente, é criança.
Onde quem não tem celulite não passou pelo photoshop, é criança.
Onde quem come comida do chão não é mendigo, é criança.
Onde quem tem as roupas escolhidas pela mãe não é homem solteiro (e estranho) com cinquenta anos, é criança.
Onde quem tem medo do pai não é castrado, é criança.

Experimentem e se experimentem muito. Até sorrir, até sangrar. Para brincar, até esfolar.

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Bloco do eu me importo
    abr 19, 2011 @ 03:39:17

    aaaaai eu quero morder essas bochechassssss hahaha [jana]

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: