Braian Gehlen. Poeta.

Contribuição de um amigo querido: Braian Gehlen. Ele também se importa. Com arte.

 

 

O telefone toca
Enquanto abro a porta
A sala está deserta
A não ser pelo arranha-céu
Que desabou
Ou será o teor da vodca
Na garrafa de vidro
Como são de vidro
Teus olhos que não bebi
Mesmo assim
Ainda me perco
Não há ninguém no corredor
Tem cheiro de cigarro
No apartamento ao lado
O beijo no espelho com sabor
Tive um sonho breve
E outra noite se passou
Tudo bem, a vida continua
Esperando pelo elevador

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: